Entrevistas

A silvicultura e a mecanização

reflorestamento

Para a operação de plantio há uma demanda em tornar a operação mais automatizada possível, sendo que as alternativas apresentadas de maquinário não se mostraram viáveis

Com a expansão dos plantios de Eucalipto para as novas fronteiras, alguns desafios rapidamente são levantados, como por exemplo, a escolha do material genético apropriado, um programa eficiente de nutrição conforme as condições edafoclimáticas do novo sitio, o adensamento ideal da população. Porém dificilmente a mecanização da silvicultura naquela determinada região pioneira se coloca na pauta das situações a serem pensadas primordialmente.

Continue lendo...

Falta de infraestrutura e excesso de tributação estão tirando a competitividade do ferro gusa

É a avaliação do engenheiro Gustavo Corrêa, diretor presidente da Vetorial Siderurgia, maior empresa do ramo siderúrgico atuante no MS

Em uma entrevista exclusiva ao Painel Florestal, Gustavo Corrêa, diretor presidente da Vetorial – maior empresa do setor siderúrgico no Estado do Mato Grosso do Sul e uma das maiores do Brasil – explica porque acredita no desenvolvimento de todas as cadeias produtivas que envolvem plantios de eucalipto. No caso da Vetorial, a silvicultura serve de base para a produção do carvão vegetal, que é utilizado como fonte de energia e matéria prima na transformação do minério em ferro gusa.

Continue lendo...

Entrevista Daniela da Silva Pereira, Esalq/USP – Qualidade das mudas faz a diferença

A engenheira florestal da Esalq/USP, Daniela da Silva Pereira (foto), explica que a qualidade das mudas é um fator importante para a restauração dos biomas. Segundo a cientista, para que as florestas de espécies arbóreas nativas possam alcançar um acúmulo satisfatório de biomassa, o processo deve ser cuidadoso. “É necessário identificar as deficiências nas atividades silviculturais que podem afetar o desenvolvimento da floresta. Entre os fatores que influenciam diretamente em seu arranque inicial estão a qualidade das mudas implantadas e práticas silviculturais intensivas nos dois primeiros anos ou até o fechamento das copas”, avalia.

Continue lendo...

Comparação silvicultural entre monocultivo de eucalipto e SAF´s.

Dissertação de Mestrado defendida no Departamento de Engenharia Florestal da UFV pelo Engenheiro Florestal Ranieri Ribeiro Paula, comparou silviculturalmente o monocultivo de eucalipto com SAF´s, em diferentes arranjos, no cerrado mineiro.

O estudo avaliou o efeito de arranjos espaciais de plantio no crescimento de clone de eucalipto e na produção de biomassa de braquiária na região de cerrado.

Continue lendo...

Mogno africano cresce rápido e ganha espaço entre os agricultores

Primeiro pé foi plantado em Belém do Pará há 35 anos. Plantios comerciais se multiplicam e procura por sementes cresce.

O mogno africano promete mexer com o mercado de madeiras nobres no Brasil. Ela cresce rápido e dizem que faz móvel de qualidade. A espécie importada está ganhando espaço entre os agricultores.

Houve um tempo em que mogno no Brasil era

Continue lendo...

Brasil tem florestas 10 vezes mais produtivas, diz especialista

Palestra de Sebastião Valverde traçou panorama do mercado brasileiro da madeira

Uma das palestras destaques da programação do Três Lagoas Florestal – 1ª Feira da Cadeia Produtiva da Indústria de Base Florestal Sustentável da região de Três Lagoas foi ” O mercado da madeira de reflorestamento no Brasil”, com o engenheiro florestal, mestre e doutor em Economia Florestal e articulista do Portal CeluloseOnline, Sebastião Renato Valverde.

Continue lendo...

Redes Sociais

Agenda de Eventos

There are no upcoming events.

Parceiros

Compelam Representações
Integração Madeiras Ltda
Integração Madeiras Ltda

Dicas em seu e-mail

Cadastre seu e-mail abaixo e receba dicas sobre reflorestamento em seu email.

Portal do Reflorestamento - Tudo sobre reflorestamento e sustentabilidade. Nós também estamos no Google+ e Facebook.